Dar e receber feedback: entenda a importância dessa prática

  • Home
  • Liderança
  • Dar e receber feedback: entenda a importância dessa prática
importância do feedback

Dar e receber feedback é uma prática usual nas organizações para encorajar, criar confiança e orientar para a solução de questões e o aprimoramento das habilidades dos colaboradores e gestores.

A ausência de feedback acarreta falta de engajamento e produtividade, o que em boa parte, pode colocar em risco a estrutura do negócio. Quer entender mais sobre o assunto? Então acompanhe este artigo!

Mas afinal, o que é feedback?

Feedback é o retorno sobre as ações, atividades e até mesmo atitudes de uma pessoa ou grupo de pessoas, com o objetivo de avaliar o desempenho na realização de um trabalho. 

É uma mensagem objetiva sobre comportamento ou atividade, reconhecendo e reforçando algo bem-feito, ou oferecendo sugestões sobre como fazer algo melhor.

É válido oferecer retornos positivos sobre uma tarefa bem-sucedida. Assim, as pessoas da equipe se sentirão mais dispostas a contribuir com o crescimento do negócio para o qual trabalham.

Nesse sentido, dar e receber feedback é uma das comunicações mais importantes que você pode e deve desenvolver com os membros de sua equipe. Quando feito de forma eficiente e com as intenções corretas, o feedback favorece o trabalho, aumentando o desempenho e a performance geral do negócio.

Por que dar e receber feedback?

Os colaboradores precisam saber o que estão fazendo bem e no que precisam melhorar, e essas informações devem ser entregues com cuidado e de forma frequente.

Também é importante oferecer feedback instantaneamente no dia a dia, entre colegas da equipe de trabalho e entre líder e liderados. Para ser efetivo, o feedback precisa ser uma prática constante e realizada para todos os níveis da organização.

Quais as vantagens em dar e receber feedback?

  1. Melhora o desempenho dos colaboradores;

  2. Ajuda na tomada de decisão;

  3. Melhora processos nas empresas;

  4. Se bem-aceito, promove o crescimento profissional;

  5. Facilita as interações interpessoais.

Como dar feedback?

Ao contrário do que muitos imaginam é possível dar e receber feedback de forma natural. Mesmo o retorno informal é mais eficiente se você seguir as seguintes etapas:

1. Descreva quando aconteceu

Para falar sobre uma atitude que esteja desalinhada com as expectativas profissionais da empresa, você pode começar pontuando quando ela ocorreu: o momento e em que situação.

Nunca ofereça o feedback imediatamente após o fato ter acontecido, pois os ânimos podem estar alterados. Aguarde algumas horas, ou mesmo o dia seguinte para ter a conversa. Contudo, é importante ser ágil para o fato não cair no esquecimento.

2. Explique o que aconteceu

É importante ser específico ao apontar as atitudes que levaram ao feedback. É fundamental não generalizar, já que isso pode dar a entender que o comportamento da outra pessoa é sempre negativo, o que interfere na eficácia do feedback.

Portanto, diga à pessoa exatamente em que ela precisa melhorar. Isso garante que você se baseie em fatos e gera menos espaço para a ambiguidade e interpretações equivocadas sobre a sua intenção.

3. Demonstre qual foi o impacto

A atitude em questão gerou alguma perda para o negócio ou para a equipe? Qual foi a dimensão?

As ações que interferem nos resultados, tanto positivos quanto não, merecem feedback e precisam ser trabalhadas com o profissional responsável.

4. Esclareça as consequências

Essa é a hora de mostrar para a pessoa que consequências foram geradas para a empresa, o negócio, o ambiente e a área de trabalho na qual ela atua. Vale ressaltar que nesse caso o objetivo do feedback é auxiliar a pessoa a melhorar seu desempenho, e não julgá-la ou condená-la. 

Neste caso, o feedback positivo pode ser oferecido como um elogio para evidenciar ao funcionário algo relevante e de destaque que ele praticou e foi importante para o negócio.

5. Faça do feedback um processo construtivo

Antes de dar feedback, lembre-se porque você está fazendo isso. O objetivo de oferecer feedback é melhorar a situação ou o desempenho das pessoas ou equipe. Você não conseguirá isso se for severo, crítico ou ofensivo. Demonstre que a sua intenção é positiva.

6. Prepare seus comentários

Anote as suas considerações para se guiar por elas. Você precisa ser claro sobre o que vai dizer. Isso ajuda a manter o controle e focar no que precisa ser dito. Se você dispersar, a pessoa não irá entender onde você quer chegar. Será tempo perdido!

7. Reveja a ação do feedback

Qual foi o impacto do seu feedback sobre o destinatário? O feedback surtiu efeito sobre a pessoa? Acompanhe a pessoa para verificar a eficácia do seu feedback sobre suas ações.

Além disso, avalie o que você pode melhorar para estimular o desenvolvimento das pessoas através do feedback construtivo que contribua para a formação de uma equipe madura e para uma comunicação organizacional eficiente.

8. Por fim, saiba receber feedback

Quando chegar a hora de receber o seu feedback, é importante valorizar esse momento. É a partir desse retorno sobre suas atividades e atitudes que você vai saber quais habilidades precisa melhorar e quais novos conhecimentos precisa adquirir. Assim, o feedback é uma oportunidade valiosa para se conhecer melhor.

Por isso mesmo, evite ficar na defensiva, agradeça esse momento e aproveite-o como um presente para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Lembre-se: desculpas não colaboram para a sua evolução profissional e até mesmo pessoal.

É importante destacar que o feedback é uma ferramenta que cria vínculo, fortalece a equipe, gera resultados, facilita o convívio e, como vimos, proporciona crescimento pessoal e profissional.

O feedback deve ser oferecido aos novos funcionários. Ele é importante para inseri-los no grupo e fortalecer a relação deles com a equipe, favorecendo o desenvolvimento dos novos talentos e contribuindo para a permanência deles na empresa.

Então, fique atento quando tiver a chance de receber ou dar um feedback! Quando recebido com aceitação, as chances de sucesso são enormes.

O que você achou desse post sobre dar e receber feedback? Deixe seu comentário contando a sua experiência e opinião!

Blog Comments

Muito interessante, importante!! As colocações abordadas são salutares!!! Todos devem ler, independente de ser líder ou liderado. Serve p vida!

Obrigada pelo retorno Alexsandra!

Deixe um comentário
Share This