Entenda a importância da gestão do conhecimento na empresa

Investir em gestão do conhecimento é uma estratégia de suma importância para que as organizações se mantenham competitivas no mercado atual. Não por acaso, os líderes contemporâneos já estão tomando ciência de que a obtenção de dinheiro não é o único fator responsável pelo sucesso e reconhecimento da empresa.

Trabalhar o capital intelectual da corporação e se dedicar para que toda ideia gerada por uma fonte humana seja levada em consideração, é, sem dúvidas, um meio muito interessante de permanecer inovando e gerar satisfação tanto para os clientes quanto para os colaboradores.

Além disso, aprimorar o conhecimento de seu pessoal faz com que os serviços sejam realizados com maior qualidade e o padrão do negócio se mantenha em crescimento constante.

Em decorrência da relevância desse tema, vamos apresentar a seguir as melhores práticas de gestão do conhecimento para que você consiga aplicar e transformar sua organização em uma fonte infinita de novas ideias. Ficou curioso? Então, siga a leitura deste post e confira!

Coaching

Os profissionais que utilizam essa ferramenta — denominados coaches — são responsáveis por promoverem o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa.

Levar o coaching para a sua empresa, portanto, é muito interessante para o crescimento intelectual de seus colaboradores. Por meio dessa prática, será possível gerar uma consciência dos pontos fortes e dos pontos de melhoria e, dessa forma, o funcionário conhecerá seus limites e possibilidades.

Benchmarking

O benchmarking é uma estratégia de gestão do conhecimento primordial para qualquer empresa que deseja manter a competitividade e a inovação. Por meio dessa prática, a corporação realiza uma avaliação de outras organizações e passa a incorporar boas metodologias ou aprimorar as já existentes, tendo conhecimento do modo como os concorrentes realizam tais tarefas.

Dessa forma, a organização é capaz de estabelecer comparações e de aprender novos métodos. Essa característica é essencial para um bom gestor, afinal, mesmo se as coisas estiverem indo bem, não se pode acomodar.

O mercado atual é muito dinâmico e se não houver foco em melhoria contínua, as chances de ficar para trás são enormes. Por isso, busque abranger cada vez mais à sabedoria da organização, observando o que os concorrentes estão fazendo de diferente e que possa ser integrado na realidade do próprio negócio.

On The Job Training

On The Job Training nada mais é do que treinamento no local de trabalho. Como o próprio nome diz, essa prática se baseia em oferecer treinamentos no local de trabalho, atendendo às necessidades mais pontuais dos colaboradores com um instrutor capacitado para promover esse ensinamento.

Essa estratégia é favorável ao profissional por atuar diretamente na sua operação, o que o leva a uma maior aquisição de habilidades. O colaborador cresce intelectualmente e se sente valorizado, uma vez que a empresa estará investindo em seu crescimento.

Lições aprendidas

Pensar em uma organização sem erros é uma utopia. Porém, a constância da mesma falha deverá sempre ser analisada com profundidade para as equipes entenderem suas causas e aprenderem como ataca-las.

Pensando nisso, é primordial adotar a prática de lições aprendidas. No momento em que ocorrer uma falha, ela deve ser analisada e revista de forma eficaz, pois isso faz com que o profissional de fato aprenda com o erro e atue para soluciona-lo na raiz.

Mapeamento de processos

O mapeamento de processos é primordial para estruturar melhor a gestão e manter todas as atividades alinhadas. Por meio dele, fica claro ao colaborador quais são as suas ações e, por isso, os erros e as dúvidas são minimizadas. Assim, a qualidade do serviço é aprimorada e os funcionários não vão perder tempo com questões pontuais do dia a dia, afinal, se não se recordarem de algum processo, vão poder consultar seu mapeamento.

Para o gestor, essa prática é igualmente eficaz, porque ele poderá focar novas estratégias, posto que as atividades já estão esclarecidas. Por sua vez, os profissionais vão ganhar maior empoderamento para suas ações e vão promovê-las de forma eficiente, gerando maior produtividade. Já os líderes poderão pensar em metas mais abrangentes.

Gestão eletrônica de documentos

Já é consenso que os documentos arquivados em inúmeros armários é uma prática bem obsoleta, sem contar a quantidade de papel que é gasto para mantê-los e a possibilidade gigantesca de perdê-los em decorrência do grande volume. Para solucionar esse problema, adotar uma gestão eletrônica de documentos é uma estratégia bem astuta para sua conservação, rápida consulta e também para que a organização seja feita de maneira eficaz e menos demorada.

Como vimos até aqui, para ser capaz de conseguir realizar uma gestão do conhecimento eficaz, é preciso ser capaz de desenvolver o conhecimento tácito, proveniente do indivíduo, assim como o conhecimento explícito, contido em livros, mídias, plataformas virtuais e afins. Quando essas duas vertentes do saber estiverem bem alinhadas e sendo promovidas de forma inteligente e estratégica, os gestores terão equipes cada vez mais eficientes e os serviços serão prestados com extrema qualidade.

Além desses benefícios, a organização vai poder contar com profissionais engajados e sempre comprometidos com seu desenvolvimento, o que contribui para a visão que a corporação vai transmitir no mercado, aumentando sua credibilidade. Logo, se você ainda não está investindo em gestão do conhecimento, a hora de começar é agora!

E então? Gostou do nosso artigo? Aprenda também como escolher um curso ou treinamento que gere valor para sua empresa e amplie seus conhecimentos!

Deixe um comentário
Share This